Bem me quero

8 dicas comportamentais para evitar a negatividade

10 de março de 2017

No post Reclamar atinge seu cerebro negativamente, entendemos porque o pensamento negativo atinge o nosso cérebro de forma negativa e hoje como prometido, voltei com as 8 dicas comportamentais que a coach de alta performance e produtividade Patricia Marinho dá para escapar de gente “pra baixo”. Se você é ou conhece uma pessoa assim, a especialista também orienta a melhor maneira de mudar a forma de ver as experiências na vida e vive-la de uma forma mais plena e leve.

1- “Somos o resultado das cinco pessoas que mais nos relacionamos”

“Se você está do lado de pessoas que só reclamam, em breve pode se tornar assim também”, comenta Patricia.

2 -A palavra tem muito poder

“Se você está no meio de uma crise e diz que vai ser assim até o final do ano, será”, comenta a especialista. “Leve otimismo para a conversa: ‘existe uma crise, sim. Mas o que vamos fazer para mudar?”.

3- Esteja ao lado de pessoas que são altruístas e otimistas

“Uma âncora é apenas 10% do peso do navio e, mesmo assim, o prende. Não deixe que ninguém seja uma âncora”.

4- Reclamar é um hábito e, por isso, pode ser mudado

“Nosso cérebro demora 21 dias para entender que criamos um hábito. Depois, vira rotina”. Por isso, evite manter atitudes negativas, como respostas ríspidas e mau-humor.

5- Tente mudar o assunto sempre que quem reclama entrar em ação

“Você dá um bom-dia, e a pessoa responde ‘bom dia por quê?’; peça para ela respirar fundo e diga que o fato de ela estar viva já é motivo para um bom dia”.

6- Se alguém reclamar do seu lado, não faça coro à crítica

“Ela fala mal de alguém e você fala bem. Um dia essa pessoa mudará o comportamento”, pondera a coach.

7- Mude de assunto sempre que se sentir arrastado pelas energias negativas do interlocutor

Se a pessoa reclama de alguma coisa, pergunte algo como “você já viu como o céu está aberto hoje?”, para forçá-la a mudar de assunto.

8- Não tente chamar atenção da pessoa

Frases do tipo “você só reclama” ou “você fala tão mal” não funcionam, segundo a coach. “Quando alguém fizer uma crítica, fale uma coisa positiva”.

Dica de ouro: A regra da água

A coach sugere um hábito às pessoas que têm o costume de reclamar sempre. “Ande com uma garrafinha de água e toda vez que pensar em falar mal de alguma coisa, beba a água e segure o líquido na boca”, explica. “É uma dica que traz benefício à saúde do corpo e da mente”.

Fonte: Vix

Adaptado por: Michele Godoi

Comentários do Facebook

Você pode gostar também

3 Comentários

  • Resposta Moni 14 de março de 2017 em 20:17

    Adorei o texto ,maravilhoso, Saudades minha linda!

  • Resposta sirlei 14 de março de 2017 em 22:45

    texto incrível..mas ..um exercício diário,,não é tão simples quanto parece….

  • Deixe uma Resposta

    Política de Privacidade — Garantir a confidencialidade dos dados pessoais dos usuários é de alta importância para nós, todas as informações pessoais relativas a membros, assinantes, clientes ou visitantes que utilizam nossos sistemas serão tratadas em concordância com a Lei da Proteção de Dados Pessoais de 26 de Outubro de 1998 (Lei n.º 67/98). As informações pessoais recolhidas podem incluir nome, e-mail, telefone, endereço, data de nascimento e/ou outros. O uso de nossos sistemas pressupõe a aceitação deste Acordo de Privacidade. Reservamos o direito de alterar este acordo sem aviso prévio, por isso recomendamos que você verifique nossa política de privacidade regularmente para manter-se atualizado(a). Anúncios — Assim como outros sites, coletamos e utilizamos informações contidas em anúncios, como seu endereço de IP (Internet Protocol), seu ISP (Internet Service Provider), o navegador utilizado nas visitas a nossos sites (Chrome/Safari/Firefox), o tempo de visita e quais páginas foram visitadas. Sites de Clientes — Possuímos ligação direta com os sites de nossos clientes, os quais podem conter informações/ferramentas úteis para seus visitantes. Nossa política de privacidade não se aplica a sites de clientes, caso visite outro site a partir do nosso, deverá ler sua própria politica de privacidade. Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses sites. Para maiores informações, entre em contato conosco.


    Sites profissionais com tudo incluso
    Vaucci.com · Suporte · Telefone · WhatsApp Assine