Bem me quero

O perigo do refrigerante Diet

19 de fevereiro de 2016

Olá galera linda, estou aqui pra fazer o que faço de melhor…papear haha.

Eu nunca fui muito de assistir TV, tenho dificuldade em sentar quieta focada, me distraio com muita facilidade haha. Nunca fui testada, mas tenho uma pequena desconfiança que tenho ADHA (Transtorno do deficit de atenção com hiperatividade), mas isso é assunto para outro post. Viu, já estava perdendo o foco haha.

Voltando a TV, essa semana assisti o programa do Dr. Oz enquanto organizava algumas coisas na sala. Pra quem não sabe Dr. Oz é um cirurgião cardíaco, que acabou ganhando fama e mais tarde um programa de TV, por ter participado algumas vezes como convidado no programa da Oprah Winfrey.

O assunto da vez foi como refrigerantes diet/zero destroem o organismo daqueles que o tomam com frequência.

Ao invés de ajudar na perda de peso, refrigerante diet está na verdade o tornando gordo.

O “diet” na realidade está sabotando seu metabolismo, enganando seu cérebro e bagunçando seu organismo. Estudos que acompanharam voluntários por 10 anos, mostraram que aqueles que beberam apenas uma lata de refrigerante diet por dia apresentaram um aumento de 70% na circunferência da cintura. E aqueles que beberam 2 latas ou mais por dia apresentaram um aumento de 500% no tamanho da cintura. Genteeee 500% jesus.

Eu vou explicar com minhas próprias palavras o que os especialistas explicaram no show que é em inglês.

O que acontece é que adoçantes artificias são embutidos nos refrigerantes diet como por exemplo o aspartame (adoçante artificial que substituí o açúcar) e isso dá aos fabricantes o direito de colocar 0 calorias nos rótulos, por isso aquele sabor mais doce do que os refrigerantes que não são diet. Porém, ao contrário do popular açúcar encontrado em alimentos processados que é armazenado imediatamente como energia (aja gordura), os adoçantes artificiais encontrados nos refrigerantes diet são propriedades desconhecidas ao organismo, mas que satisfaz aquela vontade de doce, porém provoca um efeito “viciante” no cérebro, onde o mesmo “envia mensagens” de necessidade para o nosso corpo que está trabalhando de uma maneira confusa para processar o “alimento” desconhecido e 100% desprovido de nutrientes. Em meio a essa confusão o metabolismo não consegue trabalhar apropriadamente e seu funcionamento se torna lento, dificultando a queima de gordura, por isso o aumento em tamanho tecidual quando consumimos alimentos e nesse caso bebida com zero caloria.

Pelo fato dos refrigerantes diet serem mais doce que o “normal” aguça aquele efeito viciante e seu organismo/cérebro passa a “pedir” por coisas cada vez mais doce e é aí que mora o perigo.

Lembra daquela teoria “quanto mais temos, mais queremos” e o mesmo se aplica no contrário. Como por exemplo, quando diminuímos a ingestão de açúcar e sal, nosso organismo aos poucos começa a se adaptar e entender que não necessita daquela quantidade excessiva de tais propriedades para funcionar, ocorrendo um aceleramento no funcionamento do metabolismo que utilizará suas energias (gordura) reserva para trabalhar e é aí que aquelas gordurinhas localizadas indesejadas começam a se despedir. No português nu e crú, o efeito do açúcar e adoçante industrializado é o mesmo causado por drogas.

Durante esse período de pesquisas os indivíduos envolvidos relataram fortes dores de cabeça, mudança no humor, irritabilidade, quando não consumiram o refrigerante ou quando passavam longas horas sem toma-lo. Agora gente só pra lembrar…Qual mesmo o efeito que drogas causam no organismo quando em abstinência?!

A dica dada pelo especialista no programa do Dr. Oz é de ir diminuindo a ingestão dos “diets” gradativamente, o que nos leva de volta ao artigo “Carta de um metabolismo estressado”, onde me refiro a dar um passo de cada vez e não radicalizar. Se você toma 5 latas no dia, comece tomando 4, no outro dia 3 e assim sucessivamente, como um tratamento de reabilitação para viciados em drogas.

Agora uma dica que super funciona pra mim pessoal, quando se trata de açúcar, quando tenho aquela vontade de algo doce, eu sempre como uma fruta mais docinha e sempre funciona, as frutas também possuem açúcares, mas também possui uma infinidade de nutrientes, fibras, sem mencionar que é natural, provido da mãe natureza, ao contrário de uma barra de chocolate por exemplo que é composta de calorias vazias e gordura saturada.

Essa minha “tática” de comer frutas as vezes falha, como “naqueles dias” do mês onde as vezes necessito de um chocolatinho, mas muitas vezes acabo por não saciar essa vontade por não ter o hábito de ter doce, chocolates em casa, já não compro que é pra não cair em tentação mesmo, mas como não possuo esse hábito, quando como um pedaço pequeno apenas, já me satisfaz.

É isso aí pessoal, nada de refrigerante em geral…”normal”, diet, zero! A aguá será sempre nosso melhor aliado. 😉

Beijão e comente suas experiências ou truques para driblar essas vontadezinhas malignas.

Comentários do Facebook

Você pode gostar também

Sem comentários

Deixe uma Resposta

Política de Privacidade — Garantir a confidencialidade dos dados pessoais dos usuários é de alta importância para nós, todas as informações pessoais relativas a membros, assinantes, clientes ou visitantes que utilizam nossos sistemas serão tratadas em concordância com a Lei da Proteção de Dados Pessoais de 26 de Outubro de 1998 (Lei n.º 67/98). As informações pessoais recolhidas podem incluir nome, e-mail, telefone, endereço, data de nascimento e/ou outros. O uso de nossos sistemas pressupõe a aceitação deste Acordo de Privacidade. Reservamos o direito de alterar este acordo sem aviso prévio, por isso recomendamos que você verifique nossa política de privacidade regularmente para manter-se atualizado(a). Anúncios — Assim como outros sites, coletamos e utilizamos informações contidas em anúncios, como seu endereço de IP (Internet Protocol), seu ISP (Internet Service Provider), o navegador utilizado nas visitas a nossos sites (Chrome/Safari/Firefox), o tempo de visita e quais páginas foram visitadas. Sites de Clientes — Possuímos ligação direta com os sites de nossos clientes, os quais podem conter informações/ferramentas úteis para seus visitantes. Nossa política de privacidade não se aplica a sites de clientes, caso visite outro site a partir do nosso, deverá ler sua própria politica de privacidade. Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses sites. Para maiores informações, entre em contato conosco.


Sites profissionais com tudo incluso
Vaucci.com · Suporte · Telefone · WhatsApp Assine